sexta-feira, 31 de julho de 2009

Missão Furdunço


Tudo começou quando Atilano Moreira ficou sabendo da vinda da peça Hamlet para Salvador. De imediato ligou para os integrantes do Furdunço e propôs uma missão: “Vamos entrevistar a galera da peça Hamlet?”. Até aí parecia que ia ser simples, mas, se tratando de Furdunço, nada é simples. A verdade é a seguinte: tinha tudo pra dar errado. Ingressos esgotados, cambistas cobrando caro e uma equipe meio que desiludida. Desiludida sim, mas nunca derrotada, e foi com esse espírito que partimos na luta pelas entrevistas *OBS—Em breve retrataremos o quanto foi difícil até o dias da peça,mas diante mão quero agradecer a Caetano Fontoura e ao segurança Valney,que nos ajudaram bastante a completar a bendita missão Chegando lá no TCA (Teatro Castro Alves), de cara encontramos Gillray Coutinho, que se propôs a falar conosco, porém ao término da peça. A hora da peça se aproximava e apenas Atilano tinha o ingresso (novamente valeu, Caetano), enquanto os irmão Bittencourt estavam procurando preços acessíveis no câmbio negro. Atilano despediu-se dos caras, pois já faltava pouco pra começar, porém quando eu ele ia entrar no teatro, viu uma multidão e...



Lázaro Ramos! Atilano voltou correndo para chamar os gêmeos. Tiramos fotos com ele e solicitamos uma entrevista no fim da peça. A partir daí, Atilano se despediu novamente dos gêmeos e entrou no teatro rumo a sua poltrona. Nesse instante, eis que toca seu celular: Era Lucas dizendo que conseguiram comprar. A peça estava maravilhosa, e por ser muito grande tinha um intervalo de 10 minutos. No intervalo, fomos atrás de Lázaro, que nos ajudou a solicitar essas entrevistas, nos apresentando a um dos produtores da peça (Valeu mesmo Lázaro, seu apoio foi de fundamental importância). O produtor nos deu as coordenadas e olha só o que conseguimos:

•Entrevistas:



1) Tônico Pereira(Mendonça da grande família)

video


2) Georgiana Goés(Juliana de Malhação)

video


3) Caio Junqueira *obs—deu problema na gravação de caio, mas de qualquer forma ta aí a foto



4) Gillray Coutinho

video


5) Fabio Lago

video






*Obs2---Pessoal, como vocês perceberam, devido ao tempo que estava se afunilando, não conseguimos tirar a foto com Fábio, mas a gravação ta ai!!! Infelizmente, não conseguimos entrevistar Wagner Moura (pois ele estava exausto), mas de qualquer forma ele foi muito simpático conosco. Pois é pessoal, deu muito trabalho, mas conseguimos... essa foi a MISSÃO FURDUNÇO. Aguardem as próximas missões!!!!



•Update 1.0-------Não deu pra entrevistar Lázaro (Pois quando ele foi embora, estávamos no meio de outra entrevista, mas valeu, Lázaro!!!)
•Update 2.0-------Depois faremos uma postagem comentando sobre a peça, que por sinal foi espetacular!!
•Update 3.0------Pessoal, posso lhes garantir, foi uma experiência fantástica!!!!

quinta-feira, 30 de julho de 2009

RODO COTIDIANO 5º episódio

Olá pessoal, sou Atilano Moreira e esse é o quadro chamado Rodo Cotidiano.
Nele eu procuro fazer uma análise crítica sobre um determinado assunto: seja uma novela, programa, notícia, etc.
E os temas dessa semana são: Revistas femininas (em especial destaquei a revista viva!)

*obs.--se você não conheçe a revista VIVA, pense numa revista feminina
, que é quase a mesma coisa.


Revista viva



*A capa

Para com isso, quero só ver o dia em que vou passar pelas bancas e não encontrarei uma capa da viva em que a matéria principal da capa seja: "Dieta de... (botei reticências porque isso gera outro tópico) emagreça até 2x10² kg por semana. E lógico não poderia faltar a foto de uma atriz que fez essa tal dessa dieta (pelo menos é o que eles dizem... O que é que eu falei?)

*Tipos de dietas:

1)Chá de pedra--- É simples você pega água da piscina, e usa o seu maravilhoso Juicer kitchen machine,e o que sair você toma uma vez ao dia,que você vai emagrecer,agora não pode comer mais nada sacaneta *NÃO VENHA ME PERGUNTAR" E SE DER FOME O QUE FAZER?",AFINAL PODE TER CERTEZA,DEPOIS DISSO VOCÊ NÃO VAI QUERER COMER MAIS NADA!!!
2)sopa de capim-----Capim, grama e tudo que for relacionado à natureza, você bate no liquidificador, juntamente com minhoto(tempere com carinho tempere com minhoto), mas tem que ser minhoto que é patrocinador da revista, bate no liquidificador e só comer!!!!
3)Dieta do colorido, consiste em que a pessoa tem que se alimentar de maneira em que o prato fique colorido. Dica: Se você não gostar de salada, passe na loja de material de construção,mais próxima e compre latões de tintas Acril (basta despejar a tinta no prato), assim você poderá comer tudo que quiser, mas tem que ser acril, pois é a patrocinadora da revista. E o bom é que a tinta ainda traz um gosto especial para o alimento!!
4) Dieta da fibra de trigo (ESSA NEM VOU COMENTAR... NUMA BOA)
5)Dieta verde---Dieta em que você VAI COMER TUDO O QUE FOR VERDE, inclusive um campo de futebol se você quiser.

*As dicas de sexo da revista viva: Eitcha... antes que pensem besteira,quero apenas dizer que essas revistas dão dicas de sexo,mas imagine um casal tendo relações sexuais e lendo a revista ao mesmo tempo pra tentar acompanhar o paso-a-paso,não é no mínimo estranho? Ai você pode me responder: "É só a pessoa gravar na mente" e eu te contra-respondo” E se a pessoa esquecer terá que interromper a relação pra ler a revista?" Complexo, muito complexo!!!!!!

*Moda--Em revistas como a viva, as dicas de moda sempre são loucas ex: "Agora você pode usar coisas recicláveis para ficar na moda... Faça já sua saia de palitos de fósforo e sua blusa de saco de farinha!!!!!

*Matérias para lucrar: Pra fechar, nessas revistas sempre tem matérias de um exemplo de pessoa, que estava com a vida péssima e que depois de vender algo a vida dela melhorou... é mais ou menos assim"Creuliovalda(O nome da mulher sempre é pior que a vida dela,mas tudo bem),vivia na merlin,seus filhos trabalhavam,seu marido desempregado,sempre discutia com ela...1º Dúvida(porque o marido era desempregado e os filhos trabalhavam?),mas vamo tocar o barco,seu cachorro defecava por toda a casa e seus 19 papagaios faziam a maior zona dentro de casa..2º dúvida (se a mulher ta afundada em dividas ,porque criava 19 papagaios e 1 cachorro?).Mas hoje ela vende fios de Nylon e a vida dela melhorou e muito.Seu marido conseguiu 1 emprego,suas crianças continuam trabalhando(pra completar a renda)o cachorro não defeca mais pela casa,os papagaios se educaram,passando a respeitar a lei do silêncio e ela lucra mais de R$70000 reais por dia.Faça como a Creuliovalda e venda fios de nylon(é mais ou menos assim.)




Pessoal, desculpa ai ter sido tão rápido e objetivo nessa semana, mais é porque tou trabalhando na edição da MISSÃO FURDUNÇO, que está sensacional (entrevista com a galera da peça Hamlet)!!

Update1. 0 - Comentem!!
Update2. 0 - Pessoal, no Rodo cotidiano, busco através de controvérsias, coisas engraçadas em certo tema... Não necessariamente quer dizer que eu odeio o programa ou algo que analiso, pelo contrário
Update3. 0 - Amanhã,no máximo sábado...MISSÃO FURDUNÇO(sei que já falei,mais é porque ta sensacional,não percam!!!!!)

terça-feira, 28 de julho de 2009

Retornamos a nossa programação normal


Caros leitores, retorno à normalidade do meu espaço na terça feira sem mais delongas e risíveis poesias parnasianas.O cinema volta a ser o centro das discussões.Como já fora previsto em minha nota de esclarecimento na semana passada, Inimigos Públicos, grande estréia da última sexta, é o tema de hoje.Assisti a película no sábado e hoje venho a este dividir minhas percepções com quem as queiram ler.
Baseado em fatos reais, Inimigos Públicos conta a historia de John Dillingger, assaltante de banco responsável por numerosos saques por todos os EUA durante 1933 (um dos anos de depressão estadunidense), e os esforços das autoridades para deter-lo.A historia verídica não poderia ter encontrado diretor mais gabaritado em universo criminal que Michael Mann para conduzi-la e transforma-la em um longa metragem sóbrio e acima de tudo notável. A reconstituição de época impressiona, principalmente no quesito artefatos bélicos.E falando em armas, as cenas de fuga, assalto e tiroteio são de uma crueza cativante, contando com a dose certa de violência.O maior exemplo é a cena do tiroteio no chalé de little Bohemia.Devo ressaltar que o homem que realizou Fogo contra Fogo, dá as demais cenas o mesmo peso e dinâmica que agrega as cenas de ação, e é desta coexistência que faz-se a regularidade do filme, que não tem um só momento de desinteresse da audiência.O roteiro concentra trinta por cento de sua atenção na saga dos homens predestinados a deter o bando de Dillingger, e oitenta por cento na figura do gângster que, apesar do titulo de inimigo público n° um, adquiriu perante a população um status de celebridade semelhante ao de alguns pistoleiros do velho oeste como o mundialmente conhecido Jesse James.
E é ai que entra Johnny Depp, que liderando o elenco, consegue imprimir a aura de fascinação que possui o mundo do crime.Seu talento e versatilidade são usados para criar um John Dillingger carismático, astuto, audacioso e exibicionista.Porém não somente sua faceta criminosa fica em destaque, sua humanidade é exercitada e exposta pela relação que nutri com o personagem da francesa Marion Catillard, em excelente performance e livre da pesada maquiagem que ocultava sua beleza em Piaf – Um Hino ao Amor (filme pelo qual ganhou um Oscar).Todo estes aspectos fazem a simpatia da platéia pelo bandido, não ser gratuita.Na outra face da lei temos Christian Bale interpretando Melvin Purvis, policial designado a liderar a iniciativa contra John Dillingger.Christian passa sem dificuldades pela tarefa de incorporar um homem dedicado a manter o rigor da lei.Purvis é um sujeito beneficiado pela inteligência e que não foge do dever se for preciso usar uma arma, porém passa bem longe de rivalizar em carisma com o protagonista, até mesmo por ter um vinculo limitado com o telespectador.Policial e Ladrão só interagem uma única vez durante todo filme.
Em suma, Inimigos Públicos é um ótimo filme e uma bem vinda estréia perante uma temporada em que blockbusters voltados, principalmente, para o publico infanto-juvenil dominam as grades de exibição de salas de cinema por todo país.Por hoje é só.Ah, já ia me esquecendo.Todos do Furdunço no Semáforo estão simplesmente eufóricos e felizes, pois Atilano e os Irmãos Farias estiveram na última apresentação em solo nacional da aclamada montagem de Hamlet aqui em Salvador, e conseguiram entrevistar nomes do elenco e personalidades presentes no local.Na quinta ou sexta feira vocês saberão mais acerca do que intitulamos como MISSÂO FURDUNÇO!Não perca, fique conosco.

Até semana que vem.

P.S: O texto ao qual me referi na semana passada já esta pronto, e será publicado próxima terça feira.

segunda-feira, 27 de julho de 2009

Pensa Nisso

Durante essa semana, uma série de diálogos me levou a diversas perguntas e vou apenas expor algumas delas. Vocês já perceberam que chamam homossexual de viado, bicha e boiola e não ocorre muita repercussão ou poblema com isso?Já perceberam que podem chamar branco de parmalat sem problemas também?Agora por que não podemos chamar negro de preto ou macaco?Fulano pode não gostar de uma pessoa, embora tenha que respeitá-la certo? E ninguém vê problema em alguém não gostar dessa pessoa ok? Agora por que vêem problema em alguém não gostar de gente branca ou preta? Ficam aí as perguntas e até semana que vem.

quinta-feira, 23 de julho de 2009

RODO COTIDIANO 4º episódio

Olá pessoal, sou Atilano Moreira e esse é o quadro chamado Rodo Cotidiano.
Nele eu procuro fazer uma análise crítica sobre um determinado assunto: seja uma novela, programa, notícia, etc.
E os temas dessa semana são: A lenda do velho do saco e As filas que pegamos no dia-a-dia:

VELHO DO SACO



*O que é?
O velho do saco, é mais um método de chantagem, quero dizer educação, usado por nossos pais.


*Controvérsias e dúvidas

Pessoal, vamos por lógica... Os pais dizem q o velho do saco é um véio que vem pegar as crianças mal-educadas,porém,papai Noel não é velho ? Também não carrega um saco nas costas?
Então, seria o velho do saco o papai Noel, tentando se redimir sobre o que faz com as crianças nos outros dias do ano?


*A lenda
Segundo a lenda, as crianças do saco que o velho carrega, eram crianças que estavam sem nenhum adulto por perto, em frente às suas casas ou brincando na rua. Portanto,se você tiver pais ausentes você se lenhou cumpadi(desculpa a piada um tanto quanto "sacrista",não pude evitar.)


*Mistérios do saco do velho (lá ele)

Dizem as más línguas, que o saco é uma passagem secreta para a fábrica de presentes do papai Noel, onde as crianças são transformadas em duendes e passam o resto do ano trabalhando na embalagem dos produtos (ISSO É TRABALHO ESCRAVO INFANTIL). Além disso,dizem também que as Renas são os cachorros mal criados!!!!

*Conclusão

Portanto se você for criança, ou cachorro comporte-se, ou senão o velho do saco vai te pegar!!!!!!


2ºTema:

FILA DE ESPERA



*O que é?

A fila de espera, nada mais é do que o passatempo favorito de muitas pessoas

*Perfil Psicológicos das pessoas que freqüentam:
Pessoal, sempre que você pegar uma fila de banco, mercado loja, etc. Você sempre irá encontrar:

1) Um velho resmungão que crítica os jovens (nesse momento se você for jovem se prepare porque você se tornará o Judas da fila, ou seja, o representante de todas as besteiras que os jovens fazem), o governo e o tempo que ele está na fila.
2) Uma gorda que quer entrar em sua conversa
3) Um jovem que entra na fila de idosos
4) Uma mãe com filhos chatos como a ....deixa pra lá
5) Funcionários do local (seja ele qual for: banco, mercado, loja, etc.), que sempre vem perguntando se pode ajudar, mas seja qual for seu problema a resposta é sempre a mesma: É senhor infelizmente você terá que pegar essa fila!!!Nessa hora me da vontade de responder então por que você foi contratada?
6) Um cara com perfil de maluco que sempre olha pra você COMPULSIVAMENTE.
7) Uma pessoa falando alto no celular.
8) Outra pessoa dizendo que mais nunca volta nesse lugar
9) Uma pessoa gripada (que irá passar a mesma pra você).
10)Você que sempre ficará no último da fila


*Métodos para furar fila-- Para você furar fila, basta ser: idoso, gestante, deficiente, assaltante ou cara-de-pau.

Pois é pessoal, essa semana fui bastante rápido nas minhas análises. Motivo? R--- Estou trabalhando no 1ºgrande projeto do furdunço (Breve novidades)
Até Quinta que vem com mais... Rodo Cotidiano.

Update1.0 - Comentem
Update2.0 - Fotos tiradas do Google, depois com mais calma eu coloco os endereços certinhos
Update3.0 - Pessoal, no Rodo cotidiano, busco através de controvérsias, coisas engraçadas em certo tema... não necessariamente quer dizer que eu odeio o programa ou algo que analiso,pelo contrário
Update 4.0 - Vocês são fantásticos, vlw mesmo pelos apoios e pelas criticas nos últimos episódios.
Update 5.0 –Valeu pelo pessoal que colaborou com o texto:Marcos,Lucas Manoel,Tito,enfim....TODOS!!!!

terça-feira, 21 de julho de 2009

Leia apenas se Quiser

Antes de quaisquer coisas, perdoem-me pela ausência na semana passada.Não organizei meu tempo de forma adequada para que pudesse dar as caras por aqui e, para ser honesto, também não tinha nada em mente.O texto de hoje não ficou pronto a tempo de ser publicado, o tema é um tanto quanto complexo e quero pesquisar mais para não cometer nenhuma gafe monstruosa.Não assisti ao novo Harry Potter e estou tão apreensivo quanto preocupado com a notícia de que Indiana Jones terá um quinto filme.Só passei para dar uma satisfação.Semana que vem pretendo expor o texto em que estou trabalhando e de quebra dissecar Inimigos Públicos, novo épico criminal dirigido por Michael Mann.Até lá, fiquem com os sensíveis versos de Alberto de Oliveira.

O MURO

É um velho paredão, todo gretado,
Roto e negro, a que o tempo uma oferenda
Deixou num cacto em flor ensangüentado
E num pouco de musgo em cada fenda.

Serve há muito de encerro a uma vivenda;
Protegê-la e guardá-la é seu cuidado;
Talvez consigo esta missão compreenda,
Sempre em seu posto, firme e alevantado.

Horas mortas, a lua o véu desata,
E em cheio brilha; a solidão se estrela
Toda de um vago cintilar de prata;

E o velho muro, alta a parede nua,
Olha em redor, espreita a sombra, e vela,
Entre os beijos e lágrimas da lua.

segunda-feira, 20 de julho de 2009

Cuidado Eleitores!

Há uma semana que vi na televisão uma propaganda do governo contando a história de uma mulher e de sua família. Ela era pobre, infeliz, não tinha dinheiro para pagar comida, água, luz até que apareceu o BOLSA. Ela com o dinheiro do bolsa família, bolsa escola e etc rearrumou a vida, paga a escola dos filhos, paga a conta de luz, água e etc. Bem, o problema é que esse dinheiro decorrido dos bolsas da vida(cerca de quarenta reais o bolsa família) não dá nem para comprar 2 cestas básicas, quanto mais pagar escola, luz e água.O governo mais uma vez faz propaganda enganosa e estou vos alertando disso. Agora você que acha que eu estou falando abobrinha, peço que assista um documentário chamado GARAPA e veja a vida de uma família que recebe esses bolsas e mesmo assim não consegue pagar nem a alimentação da própria. Mais uma vez obrigado pela atenção e paciência e até semana que vem.

quarta-feira, 15 de julho de 2009

RODO COTIDIANO 3º episódio

Olá pessoal, sou Atilano Moreira e esse é o quadro chamado Rodo Cotidiano.
Nele eu procuro fazer uma análise crítica sobre um determinado assunto: seja uma novela, programa, notícia, etc.
Os temas de hoje são: Telecurso 2000 e Topa ou não topa

*TELECURSO 2000:



*Origem: Telecurso 2000 é uma idéia de seu Creyson do casseta e planeta...

*Horário: O telecurso 2000 passa na TV por volta das 25 ou 26 horas, isso é, se esse horário constar em seu relógio.


*Onde: Nos canais menos utilizados pelas pessoas: TVE, TV cultura, futura, globo (exceção), canal do boi, TV Acre, TV assalto (opa eu juro que quis falar TV senado)

*Porque do nome---(vale frizar que essa piadinha não é minha) O nome é telecurso 2000, devido ao fato do programa ter sido gravado há exatamente 2000 anos atrás.

*Curiosidades

1) O programa apresenta, meio que uma encenação pra explicar algo, o problema é que são feitas em situações que nunca ocorreriam na vida real (vou simular uma explicação daqui pro fim do post, mas por enquanto vai um ex:) 2 caras falam de química no táxi
2) O narrador é gay (kkk, desculpa foi só uma brincadeirinha de tentativa de analise psicológica do narrador).
3) Tô brincando acima, mas sério mesmo pessoal, o narrador fala de uma maneira que parece que ta explicando pra um jovem BURRRO, porque passa 2000 horas explicando e no fim ainda tem revisão.
4) Basta olharmos pros personagens, que você vai reparar o quanto antigo é o programa, é certo você achar um celular de 2000 m²
5) Acessórios usados pra fixação do conteúdo: Havaíanas de pau (o narrador faz perguntas, arrisque errar, que a TV vai se abrir e você vai tomar surra sacrista
).O 2º é a musiquinha chata e que gruda na cabeça(nem vem dizer q aquela musica do telecurso não é grudenta)

*Pra encerrar o 1º tema de hoje, vou refazer uma cena que o telecurso faz pra fixarmos o conteúdo:

Na cena o menino está com febre e diz:: - Mamãe estou com 40 graus de febre, me traz um Magnopyrol(remédio para febre.
A mãe vem e diz:- Filho, eu só trago o remédio se você me dizer Quais são as leis de Newton!!!!




2º tema Topa ou não topa





* O que é: topa ou não topa é um programa do SBT, onde um imbecil sempre troca 0.50 centavos por um milhão de reais
Olha um exemplo bem brutalico kk http://www.youtube.com/watch?v=WlWZ5YUTwQI

*personagens

1) Sílvio Santos ---Esse é um mestre ,que dispensa comentários
2) Platéia ----Vou ser bem redundante... RÔBOSSSSSSSSSSSSSSSSS!!!!!
3) Jumento---Quero dizer candidato
4) Bancário---opa esse ai merece um tópico só dele

*O BANCÁRIO

Pessoal, pra que aquela pressão toda?O bancário, nada mais é do que uma sombra que oferece dinheiro para as pessoas... Realmente Sílvio dessa vez você viajou muitoooo cumpadi,deve ter assistido muito rocket power!!!1

Curiosidades:

1) Como já foi falado, as pessoas só se lenham
2) Os imbecis, sempre deixam a ambição falar mais alto e trocam uma boa quantia oferecida pelo banqueiro por uma probabilidade de 1 em trinta e poucos
3) pode reparar, Sílvio Santos quando atende ao telefone parece que está falando com o presidente Lula, primeiro ele faz uma boca de sapo (pra não dizer outra coisa), em seguida faz o seu alô num tom de voz muito diferente.
4) Ainda falando sobre o telefone, Sílvio fala por 5 segundos no telefone e diz que o banqueiro falou mais de duzentas mil palavras tipo: tocou, o telefone, ele atendeu falou alo e agora mesmo desligou... quando ele desliga diz:-Ele elogiou sua corrente de ouro ...(tudo isso dura muito tempo falando),e disse que a proposta é de duzentos reais .ai me pergunto se SS não passou nem 10 segundos no tel,como o banqueiro falou tanta coisa? -Telepatia? Saravá
5) Dizem que o banqueiro é chaves






E é assim que eu encerro o meu 3º episódio da série Rodo cotidiano, até quinta feira com mais uma análise!

P.s - Até quinta que vem com mais rodo cotidiano
P.s2 - Comentem
P.s3 - Fotos tiradas do Google, depois com mais calma eu coloco os endereços certinhos
P.s4 - Nada contra o telecurso, pelo contrário fico chateado é o horário que colocam um programa tão educativo e bom pra sociedade
P.s5 - Pessoal, no Rodo cotidiano, busco através de controvérsias, coisas engraçadas em certo tema... não necessariamente quer dizer que eu odeio o programa ou algo que analiso,pelo contrário
P.s5 - Vocês são fantásticos, vlw mesmo pelos apoios e pelas criticas nos últimos episódios

terça-feira, 14 de julho de 2009

Recordar é viver:Piores propagandas


Bem pessoal, eu sou Diego Tito e vou apenas dar uma comentada de uma propaganda não poderia passar despercebida.O nome do produto é FUMASIL. Então,vamos a ele.

Vendo a propaganda ouvi o seguinte:"Fumasil é um composto de ervas medicinais..." , esse composto de ervas é a mistura de maconha com papoula?Fica a dúvida.A frase de divulgação do produto é a seguinte:"Parar de fumar é só Fumasil mastigar." , Por que não mastigar um big big ou babalu? Aí alguem responde:"Porque quando voçê mastiga Fumasil voçê alivia a vontade de fumar ficando com vontade de mastigar." , Então devemos trocar um vício por outro?O cara já tem doença devido a nicotina e ainda pega outra doença devido ao fumasil porque tudo em excesso faz mal. Bem é isso.Muito obrigado pela atenção e paciência e até a próxima.

domingo, 12 de julho de 2009

TIRINHA - Um dia na praia


Desculpa toda essa demora, mas é que estou querendo arranjar uma maneira de aumentar o tamanho da tirinha sem que a imagem fique distorcida. Mas to de volta ^^

quinta-feira, 9 de julho de 2009

RODO COTIDIANO 2ºepisódio

Olá pessoal, sou Atilano Moreira e esse é o quadro chamado Rodo Cotidiano.
Nele eu procuro fazer uma análise crítica sobre um determinado assunto: seja uma novela, programa, notícia, etc.
E o tema de hoje é o programa Super Nany e também o boneco Max Stell.

Supernanny:

*Como tudo começou:
Supernanny é uma véia que como não tinha nada pra fazer quando se aposentou, resolveu cuidar de capetinhas, quero dizer, crianças mal educadas.

* A 1ª aparição na TV:
O 1º episódio da supernanny brasileira foi ao ar no canal rural, e devido ao maravilhoso sucesso (principalmente no Acre), o senhor Abravanel trouxe o programa pro SBT.

*Personagens ---- Gente é quase que um clichê, os personagens tem sempre as mesmas características:

1-----Um pai bunda mole ----que é submisso a esposa e principalmente aos filhos
2----Uma dona de casa mal sucedida
3---Um filho que é traumatizado
4-----Dois ou mais irmãos que são os capetas em forma de guri
*obs--também é possível perceber em todos os episódios da supernanny que as crianças antes, sempre almoçavam ás 19 horas e jantavam por volta da uma e meia da manhã, mas isso é apenas um detalhe.


*Métodos de educação

.Cantinho da disciplina----é um lugar, onde as crianças ficam de castigo, para refletirem as suas atitudes (dizem as más línguas, que lá existe uma foto de Elke maravilha, para acelerar esse processo de reflexão, se é que vocês me entendem)
.DVD--Acessório inútil, afinal a mesma passa uma semana OBSERVANDO a Casa. PELO MENOS É o que eles afirmam.
Havaianas de Pau---Olhem as más línguas atacando de novo, pois é, segundo elas, no intervalo as crianças caem no coro (surra), por isso, elas retornam tão comportadas.





Max stell



O que é :
Max Steel nada mais é, do que, a versão gay da boneca Barbie.

Vilões:
Elementor---vilão, que era um desses meninos traumatizados, que existem no episodio da supernanny
Extroyer ----perdeu seu braço direito, ao sofrer o ataque da purpurina do Max Stell RBD.
Boneca Barbie---Max steel teve que agir afinal as Barbies estavam destruindo o mundo, devido ao fato de as mães estarem comprando a boneca Susi, por ser mais barato.

Propaganda --nas propagandas existem uma série de coisas estranhas ex:
1) O narrador usa um timbre de voz que parece que está fazendo seu exame de próstata
2) O inimigo sempre é 9 x 10² m² maior que o Max stell, porém, o mesmo ganha do inimigo apertando um simples botão que fica em seu braço.
3) Porque a Matel sempre fala que os bonecos são vendidos separadamente?Acho que na visão deles, uma pessoa vai processar a empresa por não vender todos juntos.
4) Na propaganda sempre possue a frase" AGORA MAX STELL ESTÁ EM BUSCA DE NOVAS AVENTURAS",
5) Ele sempre ta num determinado mundo: ex Max stell no mundo da água, Max stell no mundo do fogo, falta o que agora? R---Max stell no mundo das drogas?

*Reprodução do comercial---Pois é pessoal, pra terminar, vou demonstrar mais ou menos, como é a propaganda de Max stell contra a Barbie:

Pra começar... exame de próstata no narrador,que diz:------"Max Stell ,agora está em busca de novas aventuras,dessa vez o nosso herói está no mundo das bonecas,onde a Barbie verão seqüestrou a boneca Poli natal,devido ao fato das mães estarem comprando a boneca Susi viajante pra suas filhas...Agora é com você,adquira já o Max Tabaco e use as cinzas do seu cigarro para impedir o ataque da Barbie Verão .Obs.---O boneco do Max e o cigarro são vendidos separadamente...MATEL!!!!



Essa foto demonstra como fica uma criança,ao brincar com o Maxstell



É e assim que eu encerro o meu 2º episódio da série Rodo cotidiano, até quinta feira com mais uma análise!!!

P.s - Até quinta que vem com mais rodo cotidiano
P.s2 - Comentem
P.s3 - Fotos tiradas do google,depois com mais calma eu coloco os endereços certinhos

quarta-feira, 8 de julho de 2009

3 Videos para alegrar o dia =D

Esse video é muito insano, um cara estava em casa conversando com a web cam ligada, até que se levantou para fumar um cigarro, reparem o que acontece depois!

Essse outro é bem legal também, é um show de ventriloquismo bem famoso no Estados Unidos

Agora, esse é o mais surpreendente de todos, quando eu vi eu nao acreditei! Veja por que planejamento é tudo!

terça-feira, 7 de julho de 2009

Nenhuma Novidade a Acrescentar

Não sou fã do Michael Jackson.Não tenho nada de genial ou extremamente relevante para falar sobre o rei do pop que alguém já não tenha dito, o que torna até certo ponto dispensável a existência deste texto.Mas mesmo assim, sendo hoje o dia do seu funeral, ponderei como, no mínimo, alienado da minha parte não me manifestar sobre os recentes acontecimentos.
Quando o mundo soube dos primeiros boatos sobre a morte de Michael, eu estava na frente do meu televisor, jogando Burnout Dominator no PS2.Então, minha estimada mãe disse:
- Marcos, Michael Jackson morreu.Segundo o jornal, um site divulgou a informação minutos atrás.
- Michael Jackson morto.Duvido!Ano passado ouvi o mesmo sobre o Capitão América e, no entanto daqui a alguns meses ele surgira vivo de novo em uma HQ.Estes caras inventam qualquer coisa para ter audiência.Apostaria meus bagos que é tudo um engano.
Ainda bem que não os apostei.Horas depois a notícia se confirmou.
Seguido do choque, teve inicio o bombardeio de informações, opiniões e homenagens devidamente veiculadas por todos os tipos de grupos de comunicação.Nos dias seguintes a chamada mídia aguardaria e colheria informações sobre as circunstancias da morte, testamento e intero do astro.Exibiria homenagens vindas de varias regiões da face da Terra e procuraria, como até hoje procura, entrevistar pessoas e visitar lugares aos quais Jackson freqüentava quando vivo com o objetivo de traçar um perfil psicológico do homem por trás da lenda.Tudo maçante ao extremo.Porém as mais notáveis e imediatas conseqüências dos acontecimentos foram a redescoberta do ilimitado talento do rei do pop e a onda consumista que fez seus CD’s ocuparem os primeiros lugares dos mais vendidos no Amazon e Itunes.
O resgate da música e do significado de Michael Jackson é, devo admitir, muito bem vindo, principalmente para minha geração que não presenciou nenhum grande feito artístico do cantor que nas últimas décadas era mais lembrado pelos escândalos e pela aparência.Porém não entrarei no mérito, não apenas por não dominar suficientemente o assunto, mas por respeito.Tenho meus ídolos já falecidos, e sei como é revisitar antigos trabalhos de um artista admirado, presenciar seu talento e ter, uma vez mais a constatação de que seu dom único jamais renderá novos trabalhos.
Michael Jackson revolucionou a arte do videoclipe, quebrou barreiras musicais nos EUA e no mundo, vendeu (e venderá) muitos milhões de discos, inventou o tal do moonwalk e foi uma figura rodeada de mistérios.Como já disse antes, não sou fã e honestamente já estou saturado da exaustiva cobertura sobre a morte do astro.Contudo, como a grande maioria das pessoas, respeito o momento e não deixo de lamentar seu falecimento, que apesar de por um fim na turnê de cinqüenta apresentações do cantor, não impossibilitou sua merecida ressurreição artística.

Até semana que vem.E Descanse em paz Michael Jackson.

sábado, 4 de julho de 2009

Viva a Liberdade!

Jogos de mapa aberto foram popularizados através da polêmica franquia Grand Theft Auto (GTA), em que o protagonista é livre para fazer o que bem entender. Depois dele vieram jogos muito bons, com mapas extremamente grandes para serem explorados.
Confira agora o top5 dos melhores games deste tipo, lembrando que na minha opinião e que comentarei sobre pontos positivos e negativos dos games.
(obs: MMORPGs não incluem nesta lista, pois mapa aberto é apenas um pré-requisito para o mesmo.

•Grand Theft Auto (GTA): A franquia que originou jogos do gênero. Em todos os jogos de GTA, você é um bandido que deve fazer missões espalhadas pela cidade (A mais famosa é Liberty City).
(+) Bom, como se trata de um jogo de mapa aberto, você pode fazer o que quiser, garantindo horas de diversão, como roubar carros, usar vários tipos de arma, etc.
(-) Muitos dos jogos de GTA o protagonista não sabe nadar por motivos que não sabemos.

• Prototype: Quem gosta de destruição é diversão garantida. Neste recém lançado game você controla um homem que pode modificar partes do corpo, como por exemplo, transformar o braço em uma lâmina mortal.
(+) Você tem 95654235887 opções de destruição, além de usar o Le Parkour para se movimentar na cidade, que é Nova York. A cidade foi muito bem trabalhada.
(-) Os gráficos deixam a desejar para um jogo de última geração e algumas missões chegam a ser repetitivas, fazendo você abandona-las e sair destruindo tudo mesmo.




•InFamous: Lançado no mês passado, o protagonista é um homem que tem poderes de raio. Como nos jogos do gênero, as missões ficam espalhadas pela cidade.
(+) Muitas opções de usar o poder, você pode escolher entre ser bem ou mal: quando você é do bem, o seu raio é azul, e quando vai fazendo maldade, o seu raio fica vermelho. O modo de recarga de poder é bem legal. É só chegar em algo que transmita eletricidade e absorve um pouco dela. A movimentação também é muito interessante, como deslizar em fios de eletricidade.
(-) Algumas falhas gráficas e é exclusivo para PS3, mas nada que tire a diversão do jogo.



•Assassin’s Creed: Neste jogo você fica na pele de Altaïr, um assassino que tem como missão matar os causadores da terceira cruzada. A continuação lançará no final deste ano.
(+) Você tem várias opções de armas e maneiras para assassinar qualquer um, o protagonista conta também com o Parkour para se locomover pelas cidades, que são Jerusalém, Damasco e Acre e o enredo é bem original.
(-) Algumas missões tornam-se repetitivas e o protagonista também não aprendeu a nadar. (Felizmente no Assassin’s Creed 2 você vai poder fazer isso.)

•Shadow of The Colossus: No game o seu objetivo é matar os 16 Colossus, que são monstros de pedra gigantescos (Observe a imagem para ter uma ideia, e olhe que esse nem é tão grande...)
(+) Você conta com Agro, um cavalo negro para se locomover pelo mapa, a jogabilidade é interessante e você pode dar upgrade nas armas ao fechar o jogo, e para matar os colossus, você deve escala-los e achar o seu ponto vital para fincar a espada, e isso é bem divertido.
(-) No jogo tem apenas uma mulher morta, você, o cavalo e os 16 Colossus que ficam escondidos, ou seja, a solidão é tanta que às vezes dá vontade de colocar GTA e se divertir com as pessoas nas ruas.

Por hoje é só, e peço desculpas pelas duas semanas ausente, mas agora tudo está se normalizando. Até semana que vem!

quarta-feira, 1 de julho de 2009

Avante Autobots!

Sobrevivente do maravilhoso massacre áudio visual em que se constitui o longa metragem
Transformers - A Vingança dos Derrotados, venho a este relatar a experiência a qual eu e meus amigos, e também colegas de blog, Lucas e Luan Farias passamos no último Sábado.E a grande impressão que ficou foi que, Transformers 2 traz de volta o mesmo time e a mesma fórmula que fizeram o primeiro filme arrecadar 708 milhões de dólares dois anos atrás, ou seja: Toneladas de pancadaria robótica-alienígena de primeira linha, envernizada por muita comédia.
Mais uma vez Sam (Shia LaBeuof), o feliz proprietário de um Camaro amarelo que se transforma em um robô gigante cuja graça é Bumblebee, tem sua vida infernizada pelos robôs perversos, os Decepticons.Já os Autobots, nossos heróis liderados por Optimus Prime, trabalham agora em parceria com o exercito Ianque, e receberam o reforço de novos transformers.Megatron esta de volta, mas desta vez a maior ameaça é o maquiavélico The Fallen, e todos são lançados para uma batalha de fundamental importância para o futuro de nosso planeta.Bem, a historia é bem maior e complicada, não confusa, do que isso. Se por um lado não há grandes surpresas, por outro há abundante ação, pois todo o filme funciona como uma ininterrupta e barulhenta injeção de adrenalina, o que torna muito difícil para o telespectador indicar uma cena de ação em especial, já que toda vez que os Decepticons e Autobots saem na porrada a diversão esta garantida. Graças a Deus, Michael Bay retorna ao comando para saciar sua necessidade de destruir as coisas ao seu redor e, injuriados com suas vidas, após não terem levado o Oscar de efeitos visuais em 2008, as mentes brilhantes da Light&Magic capricharam ainda mais, e entregam os efeitos especiais mais fantásticos do ano até o momento.E Mikaela, a namorada de Sam, interpretada pela graciosa deusa Megan Fox, esta de volta para alegrar a vida da audiência masculina.
Por outro lado, não é só a relativa falta de surpresas que incomoda, os seres humanos retratados no filme possuem conflitos tão profundos quanto uma possa de lama.Pegue como exemplo Sam e Mikaela que, estão meio que em crise devido à ida do rapaz para faculdade.Até ai tudo bem, mas não é somente isso, parte da “crise” também tem origem pela resistência que o rapaz tem de dizer “eu te amo” para a moça.Agora raciocine comigo: Que sujeito gozando de plenas faculdades mentais criaria resistência em fazer tal declaração a moça?Contudo, Quando não estão no meio da ação, o casal, o agente Simmons (John Turturo) e o novato Leo (colega de faculdade do protagonista) acabam mesmo é na função de alivio cômico.A idéia que fica é que a presença da raça humana é somente um requisito necessário pelo fato de a historia se passar no planeta Terra. A boa notícia é que o quarteto se sai muito bem na tarefa de fazer a platéia rachar o bico.E falando em rachar o bico, não posso deixar de citar os hilariantes pais de Sam, sempre constrangendo o garoto. Os robôs gêmeos Mudflap e Skids acompanham a trupe em sua jornada, e apesar de engraçadinhos não chegam a fazer grande estardalhaço.
Ao termino de duas horas e meia, fica comprovado que Transformers - A Vingança dos Derrotados é um blockbuster cheio de ação, efeitos especiais, humor e, sobretudo, a prova que robôs gigantes são muito legais.Basta o espectador entrar no clima do filme e ter conhecimento que não precisará raciocinar muito para se divertir.Ah!E leve uns trocados extras para comprar sua Neosaldina depois de sair do cinema.Você poderá precisar do medicamento após assistir tantos robôs lutando.
Até a próxima, e desculpa pela minha ausência na semana passada.

Não é mais um daqueles filmes panfleto

Algumas horas atrás tive a oportunidade de assisti Jean Charles, produção nacional sobre a vida do brasileiro que em 2005 fora assassinado por policiais britânicos que o confundiram com um terrorista.Para sorte de todos, não se trata de mais um daqueles filmes panfleto.Henrique Goldman, diretor do longa metragem, prefere traçar uma bem vinda crônica sobre a vida dos brasileiros que vão tentar uma melhor sorte fora do país, seus objetivos, anseios e dificuldades em terras estrangeiras.
Os “guias” do telespectador por este mundo são Jean e Vivian, prima do protagonista que vai para Londres com o intuito de ajudar os familiares que ficaram no Brasil.Mais uma vez, Selton Mello da um banho de interpretação na pele do Jean Charles de Menezes.A ligeira semelhança entre o ator e o personagem real é apenas um bônus diante da construção feita por Selton, que imprime uma atuação que equilibra com maestria os momentos de humor com os de drama.Seu Jean é um eletricista boa praça que só deseja vencer na vida e que sempre esta disposto a ajudar seus compatriotas, ainda que por vezes enfie os pés pelas mãos.A bela Vanessa Giácomo interprete de Vivian, surge na medida certa e se sai muito bem executando um papel mais dramático do que o de costume.Luis Miranda é outro destaque, apesar dos excessos na interpretação de outro parente de Jean Charles, Alex.Os três, e os outros atores do elenco, contracenam com pessoas que realmente participaram da vida do brasileiro, o que ajuda bastante na veracidade do filme.
A trágica morte de Jean Charles de Menezes termina por ficar em segundo plano, sendo tratada apenas como uma terrível circunstância na vida do brasileiro e de sua família.O episodio representa uma porção efêmera do filme, e é tratado de forma excessivamente delicada, até mesmo pelo caso ainda não ter recebido um desfecho definitivo (nada aconteceu aos desastrados tiras que o mataram e a família de Jean Charles continua lutando por justiça).No fim as contas, a decisão de focar na vida do protagonista antes da fatídica ida ao metrô, humaniza o personagem, tornando-o familiar ao telespectador, que na hora da conclusão do filme não reage friamente ao desfecho já esperado.Jean Charles ainda levanta de forma bem sutil a questão da paranóia e do preconceito para com os imigrantes, conseqüências diretas da guerra contra o terror.Com certeza, ai esta um filme que merece ser assistido nesta temporada.